Gestão
Bem-estar no trabalho e produtividade: entenda essa relação
Bem-estar no trabalho e produtividade: entenda essa relação

É mais do que comum dizer que as empresas precisam de resultados que sejam traduzidos em lucro. Porém, olhar somente para isso, deixando de lado outros fatores importantes para a o sucesso do negócio, é um dos grandes erros das lideranças. Nesse sentido, começar a entender a relação entre bem-estar no trabalho e produtividade é fundamental. Isso porque uma equipe engajada e que se sente bem no local onde desempenha suas atividades profissionais vai, inevitavelmente, render bons frutos.

Importância da relação entre bem-estar no trabalho e produtividade

O meio muda o homem. Esta frase que remete a teorias de comunicação faz todo o sentido quando falamos em bem-estar e produtividade no trabalho. Trazendo a expressão para a realidade das empresas, é o clima organizacional que pode levar os colaboradores ao seu melhor, como também, desmotivá-los.

E essa relação entre bem-estar no trabalho e produtividade depende desde fatores físicos até psicológicos. Em um ambiente bem estruturado, que oferece suporte tanto material quanto humano, os funcionários se sentem motivados e engajados a entregarem o seu melhor à empresa que terá, por sua vez, muitos benefícios.

“Ambientes saudáveis favorecem o compartilhamento de ideias, o comprometimento com a organização e a fidelização dos talentos”, afirma Antônio Fernando Gomes Alves, gestor dos Cursos Superiores de Tecnologia e Recursos Humanos da Universidade Municipal de São Caetano do Sul.

Já o contrário, quando a companhia não cumpre com o seu papel de oferecer recursos adequados aos colaboradores, ocorre a baixa produtividade. “Ambientes insalubres ou com clima desfavorável perdem talentos e funcionários qualificados. A produtividade e a busca por resultado dependem de um trabalho em equipe e, portanto, clima de mal-estar, assédio moral ou mesmo de concorrência não favorecem a formação de grupos que buscam interação mútua”, explica.

Quais os benefícios de manter o bem-estar no trabalho?

Além do próprio aumento do bem-estar e da produtividade do colaborador, manter um clima organizacional fortalecido proporciona diversas vantagens, como as listadas a seguir:

  • Aumento do índice de retenção;
  • Diminuição de turnover;
  • Aumento de vendas;
  • Elevação do lucro;
  • Diminuição de acidentes de trabalho;
  • Melhora do clima organizacional;
  • Redução de custos;
  • Melhora da comunicação interna;
  • Aumento da motivação dos colaboradores;
  • Redução do presenteísmo;
  • Aumento da qualidade de vida dos colaboradores;
  • Melhora do relacionamento com clientes e fornecedores;
  • Redução do estresse;
  • Prevenção do Burnout.

Como conquistar e manter o bem-estar no trabalho?

Há diversas formas de uma companhia manter a relação entre bem-estar e produtividade constantemente equilibrada, desde que se leve sempre em conta os fatores internos e as possibilidades, tanto técnicas quanto orçamentárias da empresa.

Investir em equipamentos e no ambiente físico

Um ambiente físico bem estruturado é imprescindível para a boa produtividade. Esse quesito se encaixa em itens como:

  • Cadeiras ergonômicas e confortáveis;
  • Monitores de computador com tamanho adequado para facilitar a leitura;
  • Computadores com bom desempenho e com programas/softwares adequados às atividades;
  • Mesas ergonômicas e com espaço suficiente para o colaborador trabalhar;
  • Salas com espaço para a circulação livre dos funcionários;
  • Salas de reunião adequadas e com equipamentos em ordem;
  • Iluminação adequada – tanto natural quanto artificial;
  • Banheiros limpos.

Ter uma liderança humanizada

Uma liderança que sabe gerenciar sua equipe de maneira humanizada potencializa os seus resultados, estimulando o seu desenvolvimento. Nesse sentido, gestores e líderes precisam lidar de maneira mais próxima de cada colaborador e também do time como um todo.

“É preciso oferecer capacitação constante da liderança para que ela saiba lidar com a diversidade e os comportamentos humanos”, reforça Alves.

Fazer pesquisas de clima organizacional

A pesquisas de clima servem como uma ferramenta objetiva e analítica para medir o nível de satisfação dos colaboradores e, então, descobrir o que pode ser melhorado.

Essa prática deve contar ainda com o monitoramento e o reforço de gestores e líderes que lidam diretamente com equipes e têm um olhar panorâmico para acrescentar informações importantes às pesquisas.

Oferecer flexibilidade

A melhoria do bem-estar e da produtividade também é obtida com a flexibilização do trabalho. Portanto, o home office e a jornada com horários flexíveis são duas práticas que devem ser adotadas visando ganhos no clima organizacional da empresa.

Essa prática aproxima o colaborador de uma relação mais saudável entre sua vida pessoal e profissional, além de reforçar seus resultados.

Reconhecer os colaboradores

Os funcionários não trabalham apenas para obter o benefício do salário, mas também, pelo reconhecimento de seus resultados – tanto pelos colegas quanto pelos líderes e gestores. E é esse reconhecimento que aumenta a motivação e o engajamento dos profissionais. Além disso, os famosos benefícios corporativos também traduzem essa valorização. “Também é recomendada a premiação de funcionários que desenvolvam comportamentos solidários, hábitos em prol do altruísmo e ajuda na busca pelos bons resultados”, afirma Alves.

1
Deixe um comentário

avatar
1 Comentar tópicos
0 Respostas do tópico
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Tópico de comentário mais quente
1 Autores de comentário
Gabriel Sanches Autores de comentário mais recentes
  Inscreva-se  
Notificação de
Gabriel Sanches
Visitante
Gabriel Sanches

Excelente artigo!!

Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as novidades Vidalink e artigos sobre bem-estar.