Qualidade de vida
Confira atividades que ajudam a reduzir o estresse no trabalho
Confira atividades que ajudam a reduzir o estresse no trabalho

Estar bem física e emocionalmente é uma condição primordial para quem busca mais qualidade de vida e, para isso, nada melhor do que investir nas atividades que ajudam a relaxar. Afinal, o Brasil é o segundo país do mundo com o maior nível de estresse no trabalho, segundo uma pesquisa realizada pela International Stress Management Association (Associação Internacional do Controle do Estresse).

Super em alta por aqui, o problema pode desencadear doenças como a Síndrome de Burnout, também definida como um esgotamento mental grave, que surge em decorrência das pressões sofridas no ambiente de trabalho.

Mas sabia que existem diversas maneiras de evitar que isso aconteça? A seguir, vamos dar algumas dicas de atividades capazes de ajudar no combate ao estresse e na conquista de uma vida mais saudável. Confira!

O que é o estresse e quais os seus sintomas?

O estresse é uma resposta física do organismo que ocorre quando estamos sob pressão. Nesta hora, nosso corpo “entende” que sofrerá um “ataque” e “arma” sua defesa liberando diversos hormônios e substâncias. Trata-se de um mecanismo de defesa natural, que se transforma em um problema quando passa a ficar cada vez mais constante e intenso.

Consequências do estresse no ambiente de trabalho

Dentre as principais consequências provocadas pelo estresse estão:

  • Ansiedade;
  • Nervosismo;
  • Angústia;
  • Impaciência;
  • Desorganização;
  • Dificuldade de tomar decisões;
  • Problemas de concentração e de memória.

Do ponto de vista físico, destacam-se:

  • Problemas cardíacos e intestinais;
  • Facilidade em ficar doente;
  • Dor de cabeça e enxaqueca;
  • Tensão muscular.

Todos esses sintomas, além de comprometerem a saúde de qualquer pessoa, também afetam diretamente na sua produtividade no trabalho e no seu relacionamento com chefes e demais membros da equipe.

Não à toa, dentro do ambiente corporativo, é cada vez mais comum encontrar funcionários com quadros de síndrome do pânico, depressão, hipertensão, fadiga crônica, problemas cardíacos, entre outras doenças.

Para a empresa, isso se reflete em atrasos e erros cometidos em atividades tidas como rotineiras; acidentes de trabalho; custos com afastamentos médicos e maior rotatividade dos colaboradores.

Por tudo isso, além de incentivar os profissionais a encontrem atividades para reduzir o estresse, ajudá-los a identificar o que está gerando esse quadro é fundamental. De modo geral, carga de trabalho intensa, regras muito rígidas, cobranças excessivas, metas inalcançáveis e falta de reconhecimento são alguns dos fatores que levam os funcionários a altos índices de estresse.

Quais atividades podem ser realizadas para reduzir o estresse?

Meditação

A meditação é um conjunto de técnicas utilizadas para que uma pessoa aumente o seu nível de concentração. A prática também aumenta a capacidade do indivíduo de superar conflitos e entender melhor a perspectiva do outro, fortalecendo as relações interpessoais e reduzindo atritos e desentendimentos.

Exercícios físicos

Os exercícios físicos ajudam a reduzir o estresse porque, quando praticamos alguma atividade física, nosso corpo libera diversas substâncias que geram a sensação de bem-estar. Além disso, temos mais facilidade para “limpar a mente”, deixando de focar somente nos problemas.

Yoga, tai chi chuan, natação, pilates e dança são alguns dos exercícios mais indicados para quem busca tranquilidade e relaxamento.

Outras atividades para reduzir estresse

Existem também outras maneiras de reduzir os níveis de estresse, tais como:

  • Alimentar-se melhor e fazer o horário de almoço com tranquilidade;
  • Buscar uma noite de sono tranquila;
  • Reverter maus hábitos;
  • Procurar ver as coisas com bom humor;
  • Não tentar controlar o incontrolável;
  • Organizar melhor a rotina e as atividades diárias;
  • Evitar o perfeccionismo e as cobranças excessivas;
  • Ouvir mais músicas;
  • Respeitar os limites do corpo e da mente;
  • Encontrar um hobby e ter momentos de lazer;
  • Procurar ajuda profissional quando perceber que não consegue sozinho;
  • Tirar férias.

Portanto, fica a dica para as equipes de RH:  ao indicar aos seus colaboradores atividades para reduzir estresse, vocês darão a eles a oportunidade de terem mais qualidade de vida, o que reflete não apenas na rotina fora do ambiente de trabalho, mas também em sua produtividade e empenho. Além disso, o incentivo ao autocuidado mantém os funcionários mais motivados, o que, consequentemente, favorece o crescimento da organização.

 

 

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de

Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as novidades Vidalink e artigos sobre bem-estar.