Benefícios
Como lidar com o estresse de uma forma saudável
Como lidar com o estresse de uma forma saudável

A maioria de nós já passou por momentos de tensões, o problema é quando o estresse começa a  atrapalhar a nossa vida. Seria possível conviver com ele sem prejudicar a saúde?

 

O excesso de responsabilidades,  mudanças sociais constantes e a instabilidade econômica, vêm contribuindo para o aumento de casos de estresse na sociedade. Os motivos são  variados, pois vivemos em um ritmo de vida em que, quase sempre, nos levam a enfrentar alguma situação mais tensa. 

 A OMS aponta que o estresse é uma epidemia que atinge cerca de 90% da população mundial e pode causar outras doenças. Mas seria possível conviver com ele sem prejudicar a saúde? Entenda como é o funcionamento do estresse no nosso corpo e como você pode lidar com ele de forma saudável.

Afinal, o que é o estresse?

É uma reação biológica natural, que por muitas vezes foi  necessária aos nossos ancestrais, como forma de proteção contra predadores e outras ameaças.  Hoje, no entanto, o estresse continua sendo necessário,  atuando como uma força positiva e nos motivando a performar melhor, seja em uma atividade física ou para atingir melhores resultados, em desafios de trabalho ou estudo. Ou seja, em doses equilibradas, o estresse pode ser bem aproveitado. 

O estresse no nosso corpo

Por ser um mecanismo que nos coloca em estado de alerta, o cérebro ativa a amígdala e o hipotálamo, nosso QG central, aumentando cortisol, adrenalina e noradrenalina, adaptando nossos corpos às situações de ameaça.  Além disso, o cérebro produz mais endorfina, que tem efeito analgésico, deixando o corpo menos sensível à dor. 

Se você já sentiu as mãos suadas em uma entrevista de emprego ou seu coração bater mais forte durante um filme assustador, então você sabe como é o estresse, tanto em sua mente quanto em seu corpo.

Porém, quando o estresse começa a interferir na capacidade de viver uma vida normal, por um período prolongado, ele pode se tornar crônico. Quanto mais tempo o estresse durar, mais perigoso é. Você pode sentir ansiedade, falta de concentração ou irritação sem motivo, por exemplo. Além disso, pode causar desgaste físico como dores de cabeça constantes, dores musculares, problemas de pele, insônia, fadiga, aumento da pressão arterial e diabetes.

Dados sobre o estresse no trabalho

De acordo com a HBR, nossos cérebros são programados para serem mais reacionários sob estresse. Isso pode significar que em momentos difíceis nós chegamos a conclusões prematuras em vez de nos abrirmos para mais e melhores opções, tomando decisões precipitadas e muitas vezes errôneas.

Estudos realizados pela Women’s Health Study (WHS), mostram que as mulheres cujo trabalho é altamente estressante têm um risco 40% maior de doença cardíaca em comparação com seus colegas menos estressados.

De acordo com o estudo do International Stress Management (ISMA), trabalhadores brasileiros ocupam o segundo lugar de mais estressados do mundo, sendo 72% deles com estresse e 32% com síndrome de burnout.

Exercitando a autoconsciência

Mas calma que é possível criar mecanismos para gerenciar e reduzir os níveis de  estresse crônico para viver uma vida mais saudável. Anota aí:

Comece exercitando sua autoconsciência. A McKinsey sugere manter um diário que você pode revisitar periodicamente, à medida que constrói a autoconsciência. Responda a essas perguntas:

 

  • Em uma semana típica, com que frequência você se sente bem descansado? 

 

  • Pense em um momento recente em que você foi surpreendido por algo estressante:

 

  • Como você reagiu? De que maneiras você se concentrou em recursos para ajudar a gerenciar o estresse? O que  você faria diferente na próxima vez?

 

  • Quais são as maiores fontes de estresse em sua vida? Em que circunstâncias o estresse de um aspecto de sua vida vem interfere em outro?

 

  • Como você lida com o estresse? Seus mecanismos de enfrentamento esgotam sua energia ou a restauram? Eles ajudam a conscientizar sobre seu estresse ou a reduzi-lo?

 

  • Quantos sinais de alerta de estresse crônico você experimentou esta semana?

 

Localizar e descrever seu estresse é um processo de descoberta e, quanto mais você aprender, melhor aproveitará sua própria resposta ao estresse. Além disso, táticas adicionais podem te ajudar:

Dicas da Vida

 

Faça uma boa higiene do sono, evitando redes sociais antes de dormir ou notícias que possam te estimular e atrapalhar o momento de descanso

Opte por alimentos saudáveis para que vitaminas e sais minerais, que são os mais consumidos pelo organismo durante a reação de estresse, sejam repostos aumentando suas defesas

Mantenha o corpo em movimento, praticando alguma atividade física leve ou moderada, mas que seja prazerosa, como dançar, alongar, etc.

Tenha mais momentos de lazer para “esvaziar a mente” e tirar o foco dos problemas.

Procure ajuda profissional sempre que considerar necessário

 

Você também pode contar com o Plano de Bem-Estar Vidalink  e  o pilar de saúde mentalVidalink Mind que se diferencia por ser o mais abrangente do mercado, com conteúdo criado para driblar o estigma tradicional e conscientizar sobre o tema. 

Ele dá acesso à plataforma de terapia online, para quem precisa do acompanhamento de um profissional, além do suporte da Vida, wellbot de bem-estar, que vai apoiar a mudança de hábitos e a conquista de uma vida mais equilibrada e saudável.

Conheça agora o Plano de Bem-Estar Vidalink e o  Vidalink Mind.

 

Publicação: maio 2022

Inscreva-se
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as novidades Vidalink e artigos sobre bem-estar.

    SimNão