Qualidade de vida
5 dicas para aplicar o mindful eating na sua empresa
5 dicas para aplicar o mindful eating na sua empresa

Procurando melhorar a saúde e a qualidade de vida dos seus colaboradores? Então, inclua o mindful eating no plano de bem-estar da sua empresa.

O conceito de mindful eating tem ganhado cada vez mais adeptos. São pessoas que buscam o bem-estar nutricional. Empresas atentas à qualidade de vida dos seus colaboradores adotam um plano de bem-estar corporativo. E incentivam boas práticas de prevenção à saúde. Entenda os principais benefícios do mindful eating e como incentivar.

A prática da atenção plena aos alimentos que estão sendo ingeridos, na hora das refeições, melhora os processos de degustação e digestão. Importante lembrar, ainda, que esta técnica prevê, também, a utilização de todos os sentidos na hora de escolher o que se vai comer. De forma que os itens tragam nutrição adequada ao organismo e satisfação.

Mindfulness: estado de consciência plena no aqui e no agora

Achou interessante? Mas antes de detalhar mais o mindful eating e o que ele tem a ver com o plano de bem-estar corporativo, vamos esclarecer o que é o mindfulness. Afinal, foi este o termo que, originado na filosofia budista, abriu espaço para o surgimento do mindful eating.

Mindfulness é manter o estado de consciência plena e centrada no aqui e no agora. O foco deve ser o que se está fazendo no momento presente, de maneira intencional e sem julgamento algum.

Existem estudos científicos que demonstram a eficácia do mindfulness como auxílio nos tratamentos de transtornos alimentares, estresse psicológico e daqueles que objetivam a redução de peso em adultos.

A partir desse método utilizado para a realização das tarefas cotidianas, foi criado o mindful eating que significa comer conscientemente. Trata-se de uma ferramenta que, por meio da consciência plena, promove uma alimentação mais saudável. E que permite sensações emocionais e sinais físicos positivos. Entre eles, o bem-estar e a saciedade.

Mindful eating: quando cuidaremos de nós e nos sentiremos felizes?

Tamara Lencioni, instrutora de mindfulness do Instituto de Psiquiatria USP e instrutora de mindful eating na San Diego University & Eat For Life USA é uma estudiosa do assunto com formações nos Estados Unidos. Ela explica que vivemos em uma normose. “Estarmos sempre com pressa e considerando a maioria das demandas como urgentes”, diz.

Com isso, esquecemos de avaliar o nível de importância de nossas tarefas diárias. E acabamos caindo na convicção equivocada de o que importa nunca está no que ocorre no momento presente, mas sim nas próximas atividades. “Muito provavelmente você já se percebeu comendo na frente do computador ou do celular. E com pressa para voltar ao que estava fazendo antes”. Segundo a especialista em mindful eating, o jeito que tratamos a alimentação reflete o como lidamos com nossas vida.

É muito comum comermos distraídos, pularmos refeições por estarmos com pressa e pensando no que está por vir. “Se o que está no futuro tem mais valor do que o agora, quando cuidaremos de nós e nos sentiremos felizes?”, questiona Tamara.

O mindful eating motiva a comer com atenção plena e convida a estarmos presentes e concentrados simplesmente no ato de nos alimentar. Tamara também aposta nos benefícios da prática, entre eles, a redução do estresse, da ansiedade e maior controle para evitar comer por questões emocionais.

 

Veja agora 5 dicas de ouro sobre como as empresas podem incentivar os colaboradores a praticarem o mindful eating:

Com tantos fatores positivos vindo como consequências naturais do mindful eating, nada melhor do que implementar o conceito no dia a dia das empresas. Assim, os colaboradores podem usufruir do controle da compulsão alimentar e do estímulo aos hábitos e peso saudáveis. E tudo isso ganhando sensações boas de satisfação, conforto e saciedade.

A instrutora Tamara separou 5 dicas preciosas que facilitam a implementação do mindful eating entre os benefícios corporativos do plano de bem-estar da sua empresa. Confira a seguir:

  1. Atenção plena

Incentive os colaboradores da sua empresa a ficarem off-line durante o horário de almoço. Este comportamento envolve não responder whatsapp, e-mails e nem falar no celular ou conversar sobre trabalho. Garanta que eles saiam da frente do computador e outros equipamentos utilizados para tarefas profissionais. O ideal é que busquem um ambiente diferente e propício para as refeições.

  1. Pausas

Peça, ainda, para que ao longo da jornada de trabalho, eles reservem momentos de pausas para o autocuidado. O objetivo é fazer um lanche, tomar um chá com calma ou respirar um pouco ao ar livre.

  1. Estado de presença

Motive a realizarem aulas práticas meditativas de mindfulness para a redução do estresse e da ansiedade, aumento da inteligência emocional e desenvolvimento do estado de presença.

  1. Não a dietas restritivas

Oriente para que os colaboradores desistam de levar adiante dietas restritivas impossíveis de serem seguidas e mantidas. O melhor é ter uma visão do corpo e mente mais integrativa. O número de pessoas que fazem dietas que conseguem sustentar a perda de peso é exceção e não regra.

Muitos que insistem em dietas restritivas acabam recuperando mais peso do que perderam. Os benefícios deste tipo de dieta são muito pequenos. Já seus potenciais danos são grandes.

Por isso, não as recomende como tratamento seguro e eficaz no combate à obesidade. E, por fim, cuidado para não reforçar o padrão de magreza. Lembrando-os de que isso é bem diferente de ter saúde.

  1. Orientação profissional

Promova workshops e programas de mindful eating como estratégia adequada para desenvolver as habilidades relacionadas ao ato de comer atento. Não hesite em buscar um instrutor qualificado em mindful eating para ajudar nesta estratégia rumo à saúde.

Plano de bem-estar

Agora que você já conhece o poder do mindful eating e o que pode ser feito para seus colaboradores adotarem a prática, saiba que o plano de bem-estar Vidalink desperta o verdadeiro potencial daquilo que mais importa para todos os segmentos de negócios: as pessoas.

A Vidalink acredita que todos têm o desejo de levar uma vida mais saudável e equilibrada. Neste contexto, o plano de bem-estar Vidalink é um benefício corporativo completo que combina a tecnologia de uma healthtech com um olhar humanizado para aumentar a atração, satisfação e retenção de talentos. Que tal contar com isso na sua empresa?

Leia, agora, mais informações sobre o Vidalink Nutri, o mais novo pilar de alimentação saudável do Plano de Bem-Estar Vidalink, criado para ajudar os colaboradores da sua empresa a se alimentar de forma mais saudável e prazerosa.

Publicação: dezembro 2021

Inscreva-se
Notificação de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as novidades Vidalink e artigos sobre bem-estar.

    SimNão