Gestão
Entenda como o bem-estar dos colaboradores pode estimular a inovação na sua empresa
Entenda como o bem-estar dos colaboradores pode estimular a inovação na sua empresa

Estar à frente da concorrência, reter talentos e ser uma referência em seu segmento de atuação. Estão aí alguns dos chamados “troféus corporativos” que praticamente toda empresa deseja levantar. Até aqui, nenhuma novidade, não é mesmo? Mas sabia que o melhor caminho para chegar a cada uma dessas conquistas passa, inevitavelmente, pela inovação?

Afinal, nunca se falou tanto dentro do universo corporativo – e até mesmo entre as equipes de Recursos Humanos – sobre a capacidade de inovar e o seu importante papel no desenvolvimento de soluções que sejam cada vez mais sustentáveis e possam se transformar em um diferencial competitivo para as organizações.

Mas, talvez, você esteja se perguntando: “como o bem-estar dos colaboradores pode estimular a inovação?” É o que vamos explicar a partir de agora. Confira!

Bem-estar dos colaboradores ajuda a criar uma cultura de inovação

O bem-estar dos colaboradores está intimamente ligado à inovação nas empresas. Isso porque, é justamente por meio de benefícios corporativos que visem a qualidade de vida do funcionário dentro e fora do ambiente de trabalho, que cada profissional passa a se sentir mais valorizado, a enxergar um sentido maior na função que desempenha e a dedicar-se de maneira genuína, atingindo assim sua alta performance e, consequentemente, a inovação.

“Há uma forte relação entre o bem-estar e o estímulo à inovação. O colaborador, ao trabalhar em um ambiente que lhe proporcione o estado de boa disposição, satisfação e tranquilidade, poderá reverter toda a sua energia e capacidade intelectual para a inovação e produtividade, trazendo resultados cada vez mais profícuos para as organizações que souberem explorar esse estímulo a seu favor”, explica a Profa. Me. Rosilene Andréa Santos Alvarenga, administradora de empresas e professora dos cursos de Administração e de Recursos Humanos da Universidade Santo Amaro – Unisa.

Como estimular a inovação na empresa por meio do bem-estar dos colaboradores?

Muitas empresas já entenderam que o investimento no bem-estar de seus colaboradores também é uma importante estratégia para fomentar a inovação de cada um deles no dia a dia.

“Vale lembrar que bem-estar, motivação, produtividade, inovação, criatividade e oportunidades são temas inerentes às pessoas, e as pessoas são, acima de qualquer tecnologia, o principal fator estratégico das organizações. Portanto, as empresas devem cuidar bem do seu melhor estratagema: as pessoas, pois serão elas que garantirão as tão almejadas vitórias”, ressalta Rosilene.

A seguir, separamos algumas maneiras de proporcionar o bem-estar corporativo e fomentar, consequentemente, mentes cada vez mais  inovadoras nas organizações. Confira:

Investir em benefícios corporativos voltados ao bem-estar

Como já dissemos em outra oportunidade por aqui, o bem-estar do colaborador está sustentado em quatro pilares: o financeiro, mental, social e o físico. Portanto, cabe às empresas entender que esse tipo de investimento não é um custo e que é preciso enxergar a saúde do funcionário de forma preventiva,  oferecendo benefícios corporativos que contemplem cada uma dessas áreas, de maneira equilibrada.

Trabalhar a arquitetura e a ergonomia do local de trabalho

Ambientes e equipamentos ergonômicos que ajudem o colaborador a ter um bem-estar físico impactam diretamente no seu desempenho. De acordo com a professora Rosilene, as empresas devem trabalhar com mesas, cadeiras e móveis em geral que sejam ergonomicamente corretos.

“Além disso, devem apostar no paisagismo em prol de uma ambientação agradável, que propicie um aproveitamento do espaço e estimule a convivência e interação entre os colegas de equipe. Dessa forma, a organização demonstrará sua essência, seus valores, a sua forma de agir e pensar , despertando nos colaboradores sensações agradáveis de pertencimento. ” 

Reconhecer os colaboradores

Gestores devem reconhecer o trabalho de seus times e valorizá-los para oferecer a eles uma abordagem que deixe  clara a sua importância para a empresa. Isso deve ser feito por meio de feedbacks, conversas informais e em reuniões conduzidas pelos líderes.

“É atribuição dos gestores ser um artista no comando de equipes com o propósito de proporcionar bem-estar, motivação e estímulo à inovação, oportunizando o engajamento e retenção de talentos, com eficiência e eficácia, rumo aos objetivos organizacionais previamente estabelecidos”, ressalta.

Flexibilizar horários

A flexibilização de horários é uma maneira de fazer com que o colaborador adapte melhor seus horários e vida pessoal à sua vida profissional.

O home office é uma prática que tem ganhado cada vez mais força no mercado e pode ser adotada gradualmente entre equipes de diferentes setores. Dessa forma, os funcionários passam a se sentir mais livres e ter a certeza de que a empresa confia no seu trabalho, o que contribui para a entrega de melhores resultados e, claro, para o aumento do seu bem-estar.

 

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de

Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as novidades Vidalink e artigos sobre bem-estar.