Qualidade de vida
Programas de bem-estar têm foco em orientar, mas não estimulam mudanças de hábitos
Programas de bem-estar têm foco em orientar, mas não estimulam mudanças de hábitos

Já parou para pensar se os seus colaboradores estão satisfeitos com os benefícios concedidos pela empresa? Se ainda não fez essa reflexão, sugerimos que faça. Isso porque uma pesquisa identificou que a maioria dos funcionários não está satisfeita com os programas de prevenção e bem-estar. E mais: boa parte deles está disposta a dividir o custo de benefícios como programas de seguro de vida, prevenção de doenças graves e previdência.

Veja mais na matéria do Valor Econômico.

Deixe um comentário

avatar
  Inscreva-se  
Notificação de

Newsletter

Assine nossa Newsletter para receber as novidades Vidalink e artigos sobre bem-estar.